segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Orkut, "A gente se vê por aqui"?

Deletei meu perfil pessoal a cerca de 15 dias, fiquei esse tempo apenas cuidando do perfil "Dona Geo" que tem adicionado pouco dos meus amigos. Foi a segunda vez que exclui meu perfil pessoal, estava com ele a pouco mais de dois anos "acho", tinha cerca de 140 amigos adicionados e mesmo assim resolvi dar um "basta" em partes do meu "relacionamento virtual" através do orkut.

Por mais que pareça engraçado, e é, eu me utilizo pouco do orkut para me relacionar com as pessoas, minha opinião é que orkut serve para "manter contato" ou "facilitar" o contato, mas que isso ocorra quando outros tipos de contatos não sejam possíveis, e que não substitua o contato pessoal em hipótese alguma. O que mais gosto do orkut são as comunidades (ah, te choquei agora com essa descoberta! haha)

Acho que todo mundo precisa de um tempo distante de tudo, se desapegar de algumas manias, ou simplesmente mudar algo, um tempo para fazer algo diferente de forma introspectiva, foi bom fazer isso com o orkut, que era um desafio até então... mas voltei! :)

Não faço do orkut uma forma de "conhecer" outra pessoa, mas sim obter informações de uma forma mais fácil sobre pessoas que eu já conheça, acontece é que, de certa forma as pessoas se acomodaram a fazer o inverso, algumas pessoas formam uma opinião "forte" sobre alguém que conhecem apenas através do orkut, ou pelo menos julgam conhecer e a interpretam como bem querem, ou mal querem...


Vejo o okrut como um meio de comunicação, que em alguns casos, é muito mais eficiente que o telefone ou e-mail.

Algo que eu demorei muito tempo para aprender mas consegui entender é que existem diferentes visões sobre apenas um fato, diferente opiniões sobre apenas uma coisa, e que por mais que você tente ser a pessoa mais clara possível, quando se está exposto a tantas interpretações nunca se consegue fazer entender tudo como se é, porque as pessoas são diferentes ao que querem interpretar.

O orkut é um canal fantástico de comunicação controversa!

Quem tem pira com "sinais", "coincidências", "perseguição", e tira conclusões precipitadas fica louco facilmente e deixa mais alguns por consequência.

Comunidades, fotos, vídeos, depoimentos, recados... quem nunca viu algo do tipo e pensou "ah, isso ae tem a ver comigo, tenho certeza, é indireta..." e quando foi ver, não tinha nada a ver... Ou acontece o contrário, você dá todos os sinais e indiretas possíveis em seu perfil, mas a pessoa não consegue perceber que é para ela... Quando não, dá a sorte de outra pessoa interpretar algo que não existe.

Sabe por quê?

Eu percebi que por estamos conectados com pessoas incomuns realmente temos muitas coisas em comum também, por isso muito do que vemos, lemos ou ouvimos também podem de certa forma serem interpretados como sendo para nós, dependendo dos acontecimentos e da relação que temos com algumas pessoas, muitas delas "procuram" interpretações em certos perfis, procuram "respostas" sem precisar procurá-las de forma direta, da forma mais "fácil" perguntando para a própria pessoa... (acontece na vida, acontece no okrut!)

Em várias situações podemos ser "o centro", ou vezes que somos o centro e não conseguimos enxergar isso, porque para algumas pessoas
enquanto "sinais" criam "certezas" para outras pessoas apenas sinais não as certificam de nada. Poucas vezes quando se há um incomodo por uma informações dúbia procuramos saná-la, afinal, quem quer ser visto como a pessoa que "cuida" do orkut do outro? Fingir que não "leu, viu, ouviu" nada é praticamente uma "cultura" dentro da rede.

Mas de certa forma nos incomodamos, e muito, ainda mais com o fator incerteza.

Tem gente que não pode nem se "dizer" feliz no orkut, felicidade alheia algumas vezes é vista como uma forma de "cutucar" outra pessoa, ou de esnobar, ignorar, desprezar... Tem gente que parece não entender ou tolerar o direito que o outro tem de não querer expressar tristeza, saudade, dor em seu perfil e leva a sério uma página onde a outra pessoa se julga feliz, tem fotos felizes e comunidades sorridentes considerando-os hipócritas.

Há também pessoas que não suportam tanta exposição de outros perfis, aqueles que relatam cada acontecimento de suas vidas, milhões de fotos de um evento, várias satisfações em sua descrição, expondo tudo que acontece sejam bons e maus momentos. Os perfis que eu classifico "carinhosamente" como sensacionalistas.

As pessoas tem o direito de não ver isso! Fato.

Assim como conhecemos novas pessoas a cada dia, muitas outras saem de nossas vidas ou se distanciam, vejo que o orkut não é muito preparado para refletir isso e eterniza algumas, isso é complicado, que por mais que o orkut não seja sua vida real, já sabemos como é difícil quando temos que tomar a decisão de "tirar" alguém de nossa vida, ou de alguma forma deslocar essa pessoa do centro de nossas atenções, evitar ver, evitar ligar, evitar até o msn, mas no orkut... que merda! Parece perseguição, dentre centenas de fotinhas aparece exatamente “aquela” que você não quer ver.

Deletar a pessoa é uma opção, mas é algo um tanto extremo, em alguns casos se tivesse a opção "não quero receber nenhuma informação do contato tal” seria muito mais simples, mas não tem como, por mais que se esforce uma hora a curiosidade vai bater, como se não bastasse, existem as "atualizações" que te trazem notícias, e muitas coisas que você não precisa "ver".
Tem a opção de desativar, tudo bem, mas desativar tudo por conta de um, ou dois, três perfis? Muito trágico, acho.

Outro problema é quando pessoas que nem gostam de você querem te adicionar, pelo simples fato de ter mais uma pessoa a mais em sua lista, ou apenas para se fazer presente, irritante.

Conversando com outras pessoas percebi mais dilemas, depoimentos, como é engraçado ler, quem tem depoimentos antigos e ver que sua melhor amiga best friend forever, inseparáveis, não fala com você a meses, agora tem outra turma e se duvidar já não sabe nem seu telefone. Ler depoimentos de ex namorado, e agora ver que ele escreve praticamente as mesmas palavras para a atual, é dramaticamente engraçado. Não se tem muitas cartas, mas depoimentos estão lá, demarcando "território", amor infinito, uma vez mais por mais alguém.

Não me atenho a depoimentos, mas achei curioso saber disso e como algumas pessoas são tão ligadas a eles, sei que como scraps, são coisas de momento que não devem ser eternizados, o que eterniza é o momento, reler e relembrar em alguma situação é bacana, mas acho que no dinamismo do orkut, não convém, é como sempre andar com as mesmas roupas, às vezes acrescentando outros acessórios, mas sem se livrar das antigas.

Em resumo cheguei a conclusão que apesar dos contras, no meu caso, não tem como "fugir" do orkut, achei que talvez os números de telefonemas fossem aumentar, ou de e-mails, já que não havia meu perfil para deixarem recados, mas não, frustrei-me.

Percebi que se você quer ser lembrado, você tem que se fazer ser lembrado, as pessoas não tem obrigação de lembrar de você por você "quis" sumir da vista delas, pois elas sabem que se algo de "ruim" estiver acontecendo com você alguém avisaria... fato!

Tendo parentes distantes, uma irmã morando no exterior, e muitos amigos em outros estados, não vi nenhuma vantagem em ficar mais dias sem orkut e não ter "novidades" sobre eles. Sei que quase nunca vou lá e pergunto se eles estão bem, mas é gostoso "visitar" o perfil, ver através das fotos, e de alguns recados como eles estão, mesmo sem saber se o "bem estar" é real, mas mesmo assim, é confortante. Isso me fez refletir.

Se eu me conformo em saber através do orkut como eles estão, eu realmente não estou tão preocupada com eles de certa forma, então por que devo me preocupar com quem simplesmente me interpreta como quer de um orkut?

Há apenas dois tipos de pessoas que nunca vão te entender, as que NÃO te conhecem e as que te conhecem MUITO bem!

Quando você quiser ser você mesmo, sem ter medo de ser interpretado de forma errada, é apenas com esses dois tipos de pessoas que você tem que ser relacionar, ou se importar! Porque ou eles não esperam nada de você, ou nada que você faça já os surpreendem.

Tenho pavor de semi-conhecidos que aparentam "se importar", sempre vejo segundas intenções e desconfio realmente de todo mundo, sou assim na vida, no orkut não ia ser tão diferente.

Nada disso compensou o fato de como me distraio e me divirto vendo comunidades, algumas fotos, procurando vídeos e etc...

Tem gente que acha que o orkut deixou as pessoas mais "retardadas" eu não concordo, acho que o orkut só deixou o retardamento mais visível, mais exposto, escancarado!

Já vi que não estarei livre de dúbias interpretações, com ou sem perfil no okrut e que ainda vou gerar e ter interpretações multiplas, pois quando postei no blog que
"um dos comentários que e mais me chamou atenção foi, por que você excluiu a sua vida?" descobri que meu blog também é lido por pessoas que eu não imaginava! haha

Esse comentário foi feito por mais de vinte pessoas, das quais, cinco vieram falar que leram no blog do que "ele havia comentado para mim”, imagino então que as pessoas que leram aqui e não comentaram devem ter pensado a mesma coisa, quando vi mais uma vez o que é a interpretação de cada um, quem fez o comentário apenas brincando não se importou nem um pouco, mas quem fez por ironia se doeu bastante...

Em uma das poucas conversas sérias que conseguiram ser proveitosas em minha vida, falava a uma amiga que realmente quando paramos para pensar numa "conspiração" tudo parece se encaixar em nossa direção, tudo acaba de alguma forma podendo ser interpretado da maneira que "achamos" ser a verdade, coisas que não tem significados fazem sentido, mas é assim porque nos colocamos a ver por um lado, “esse lado”, e muitas vezes esquecemos de ver as coisas de outras maneiras, até da forma mais simples, muita coisa é complicada por ser simples de mais. Muita coisa incomoda até pelo fato de não ser de fato um incômodo, felicidade alheia incomoda, tristeza alheia, quem se incomoda com você te incomoda, quem não se incomoda também pode te incomodar... e tornar tudo tão complicado como repetir essa última frase rapidamente!

E tudo se resume em uma pergunta, afinal,
vale a pena se incomodar?

'Pense o que você quiser,

http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=55099557

8 Comentários:

Miнн ̽ disse...

Nossa que post enorme :O
Mas eu li tudo, mesmo!
Eu ri na parte dos depoimentos
pior q é verdade isso... é tudo coisa de momento
Até comunidade é coisa de momento ^^'


:*

Dona Geo. disse...

Comecei a escrever a "acho" que me empolguei, haha
bom para quem ficou curiosio sobre o assunto acho que não há mais dúvidas sobre minha opnião haha

Juliana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Juliana disse...

Oi, Adorei seu texto! Tô naquele momento bem descrito por vc ... apago ou não apago o orkut Pq as vezes me vejo doente querendo literalmente fuçar na vida alheia. Pelo que vejo, pelas fotos e recados tiro tantas conclusões sem sentido que tenho que parar, fechar o orkut e raciocionar outra vez! rsrsrs A gete realmente tira conclusões superficiais e impossíveis de controlar. Mas tbm tem o lado bom de contatos. As comunidades das quais particpo acabam por clarear um pouco quem sou, não para os outros , mas para mim mesma. Claro, se vc não for hipócrita e entrar e comunidades só para manter um status. Concordo com tanta coisa que vc disse rsrsr que escreveria horas rsrsrrsrsrrs parabéns viu?

Kaique disse...

Ótimo texto, Geo. Parabéns! :)
Beijos, (k'

1 Lênin 1 Blog! disse...

acho que todos deveriam fazer o mesmo ;D
bom texto;

http://1lenin1blog.blogspot.com/

Laura disse...

Eu devo ter deletado meu perfil pessoal do orkut uma meia dúzia de vezes... Lendo esse post, finalmente encontrei alguém que entende minhas razões! Parabéns pelo blog^^

LySaNdRa disse...

1ª vez que entro no seu blog, e amei, parece que a gnt pensa meio igual sabe, li algumas citações, e me identifiquei muitoo mesmo.
com relação ao orkut, é muito f*** a forma como o orkut nos "induz" a fuçar a vida alheia, parece que tem alguem ali cutucando falando -entra, olha os recados, as fotos...
mas é, como voce disse, confortante ver o que se passa na vida de pessoas queridas que estão distantes. Muitas vezes eu entro no no orkut feliz e saio chateada, as vezes sem motivo , se parar pra analisar... ja em questão das comus, como a Juliana ja escreveu acima, elas me fazem me entender melhor, e a clarear meus pensamentos em relação ao mundo... traduzem em palavras, o que eu não conseguiria traduzir em relação a mim mesma... enfim... adoreei, vou voltar sempre ;*

Postar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO  

BlogBlogs.Com.Br