quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Indiferença


"O oposto do amor não é o ódio, mas a indiferença."

[Érico Veríssimo]

Acho que o ódio, a raiva, é no momento.
Uma forma desesperada e até
mesmo infantil de chamar a atenção.

Quando não se gosta, é indiferente.

Demonstrar raiva é sinal que ainda se importa
com a opinião, sentimentos ou com as
atitudes da outra pessoa a ponto de
usar agressividade para deixar isso bem claro.

Para quem não está "nem ai",
a indiferença basta e é suficiente.

Quantos tapas, gritos, escândalos
não terminam na paz de um beijo?


Quanto mais demonstra raiva
http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=40946318

1 Comentário:

Kaique disse...

Vale ressalta, que quase sempre, quando uma pessoa tem uma raiva que não tem argumentos, ou é injeva ou é amor não conrrespondido.
Um exemplo é a Flora, lá da novela "A Favorita"... (a novela já acabou e eu ainda estou falando nela)

Postar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO  

BlogBlogs.Com.Br