segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Mas quem falou?


É muito fácil se quando se descobre que alguém falou mal de você ficar com raiva e já pensar em uma maneira de "dar o troco" ou "tirar a história a limpo", criando um sentimento de vingança e indignação estando de cabeça quente.

Difícil é conseguir pensar como é a pessoa que falou, como é a vida dela, quais os valores dela, porque ela disse o que disse, quais as razões dela em se preocupar com algo da vida alheia e quem de fato são os tipos de pessoas que levam a sério o que ela fala.

Na maioria das vezes, quando se pára para pensar num troço desses, dá vontade é de chorar de pena, dá vontade de sentar com a pessoa e conversar.

Dizer a ela que a vida é muito, mas muito mais do que isso.


[Dona Geo]


Quem é VOCÊ pra falar de MIM?

3 Comentários:

Karen Gabriella disse...

nao tem acento em PARA (verbo) ....

táparei!

Dona Geo. disse...

Só se isso mudou na nova regra (confesso que não sei todas as mudanças ainda, e nem meu word!) mas fui pela "escola"

"É chamado acento diferenciador e é usado para tornar distintas as palavras de mesma grafia, ou seja, que se escrevem iguais

Para: (Preposição)
Ex: O carro eu comprei para você

Pára: (Verbo)
Ex: Essa gatinha pára o trânsito."

Dona Geo. disse...

Acento Diferencial

Alguns exemplos das situações que não se usarão mais o acento para diferenciar palavras como:

“pára” (flexão do verbo parar) de “para” (preposição).
“pélo” (flexão do verbo pelar), “pêlo” (substantivo) e “pelo” (combinação da preposição com o artigo).

E eu reclamando as mudanças do novo orkut! Que bolo fecal isso! Não vou arrumar pq só vi agora! Depois me atenho a escrever certo...

Postar um comentário

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO  

BlogBlogs.Com.Br